13 de jul de 2010

AMOR EM RUÍNAS

Amar...Amor...

Sentimento que brota sem te avisar e prevenir.
Aprenda a Amar dizendo “SIM” ao Amor, que só tem
significado quando vivenciado no presente.
Amar é ser paciente e gentil, quem Ama não desiste.
Viva esse Amor aqui e agora, porque
o amanhã é apenas um sonho.
Um sonho não realizado.
Quem Ama reconhece as necessidades do outro.
Preciso de alguém que se preocupe comigo.
Alguém que me veja e escute, que se interessa
por mim, que me valorize.
Amar é saber ouvir e ser ouvido, é uma realização,
um reconhecimento, que saiba dizer:
- Ótimo! Muito bom! Parabéns!
É o canto dos pássaros, a brisa soprando no ar,
um raio de luz, o sol a brilhar, o encanto da lua.
Dor em meu peito de um Amor em Ruínas,
tempestade de areia, nuvem que vai, a chuva que cai,
a tristeza paira no ar.
É preciso ter força e coragem para suportar a solidão.
Amor em Ruínas.
De peito aberto me aventurei em um sonho que
imaginei ser eterno e verdadeiro.
Amor em Ruínas, Amor em Ruínas...

Silvia L. Lapa.

RAZÃO X EMOÇÃO

Ninguém jamais conseguiu explicar como
foram criadas as almas gêmeas,
mas eu me lembro bem dessa história.
Estavam lá no céu, todas as almas,
umas eram somente razão,
outras somente emoção,
duas filas distintas.
Finalmente chegou a minha vez de
ser colocada em uma das filas.
Olhei para ambas e me identifiquei
com a da razão, acontece, porém,
que quando avistei você na da emoção,
meus olhos brilharam,
foi como se fosse um imã a me puxar.
Aproximei-me do criador e lhe disse:
- Eu gostaria de ficar na fila da emoção,
pode ser?
É que existe uma doce alma lá,
que me encantou!
"Está bem", me falou Ele.
"Você até poderá escolher seu lugar,
mas antes quero lhe explicar algo,
depois então você fará a sua opção.
Existem almas que são gêmeas,
tudo nelas é igual, a única
diferença que eu coloquei foi
à razão e a emoção, justamente
para que elas possam se completar
é como se fosse um encaixe.
Possuo uma grande percepção
para distinguir as almas gêmeas
e por isso entendi, que aquela que
se encontra ali na fila da emoção,
é a sua (falou apontando para você)
daí querer te colocar na da razão.
Caso vocês fiquem juntas, o encanto
das almas gêmeas se acabará,
ao passo que se ficarem separadas,
ele permanecerá. No entanto,
devo lhe contar algo, as almas gêmeas,
nem sempre se encontram,
porém vivem sempre unidas pelo
coração e por elas próprias.
Por outro lado quando se encontram,
jamais se separam, nem mesmo
eu consigo executar esse afastamento".
Entendi naquele momento que a razão
não sobrevive sem a emoção,
e a emoção por sua vez,
precisa da razão para viver.
Nesse instante fiz a minha escolha:
Prefiro a fila da razão!
Encaminhei-me para o meu lugar,
me posicionei e nesse mesmo
instante,você, que não tinha até
então percebido a minha presença,
olhou-me e sorriu!
Hoje, eu sou a razão, você a emoção,
eu te dou o chão e você
me leva a lua. Hoje, eu entendo
o que o criador quis me
dizer com:...É como se fosse um encaixe.
Hoje, eu sou a razão
correndo atrás da emoção e você
a emoção pedindo aos ceus
que eu possa pertencer à
mesma fila que você.
...Mas o que você não sabe é que
fui eu mesma quem escolheu
o meu lugar, só para ser a sua alma gêmea.
...O que você não sabe é
que mesmo antes de
pertencer a qualquer uma das filas,
eu já te amei.
Quando voltarmos para o lado de lá,
você há de entender
tudo isso e se eu puder escolher
uma das filas novamente,
eu ainda vou querer ficar separada de você.
A única diferença é que escolherei
a fila da emoção para sonhar como
você sonhou e que você fique
na da razão para entender
como eu sofri!

Silvana Duboc.