3 de jun de 2010

O DIA SEGUINTE

Enxugar as lágrimas que estão a escorrer, Deixar transparecer todo o seu sorriso, Que um dia a dor fez você esconder, Quando a solidão veio sem aviso. Nunca desacreditar, Viver sempre na esperança, Que tudo ira mudar, E que o passado, Será apenas marcas de uma pequena lembrança. Fortalecer a fé, Nos caminhos que escolher, E mesmo estando distante, Daquele mundo que tanto qué, Os seus passos, mais importantes na vida, Ainda serão aqueles dado diante do teu saber. Alguns dos teus caminhos serão cheios de espinhos, Mas jamais devereis se desesperar, Pois no dia seguinte, Verás que nunca estiveres sozinha, E que nos caminhos mais dificeis de tua vida, Alguém estava ali, a te olhar. [sheik}

metade da sua alma

Se o desejo de ser amado for mais forte e você se prender a alguém com insistência, ele se aborrecerá e acabará se afastando de você. O primeiro estágio do amor é a simpatia. A simpatia aumenta e se torna apego, e nesse estágio há sofrimentos e alegrias. A alegria proveniente do amor-apego vem sempre acompanhada de angústias e sofrimentos. A alegria absoluta, que não vem acompanhada de sofrimentos nem de angústias. Só será obtida quando o seu amor evoluir mais. Só será obtida quando você abandonar o apego e deixar o outro totalmente livre. Quando você soltar o outro, ele voltará a você espontaneamente, com amor sincero, porque ele, originalmente, é a outra metade da sua alma. [felipe]

Não quis ouvir o coração

Não quis ouvir o coração e deixei de lado a nossa paixão. Mas nem o tempo foi capaz de apagar tão grande sentimento. E hoje, estou sofrendo. De tristeza, estou morrendo. Nem mesmo a razão, me liberta dessa emoção. Não sei mais o que fazer, já fiz de tudo pra te esquecer. Mas qualquer coisa me faz lembrar você. Um sorriso,um perfume,um olhar... Ah! como eu queria poder te amar. Esquecer a solidão E a você entregar meu coração. Fazer tudo o que eu sempre quis E ao teu lado ser muito feliz. Mas quando não deixamos a felicidade entra em nossa porta, ela se vai, sem volta. Você de mim saiu correndo E eu na saudade, continuarei vivendo. [dani sanches}

A armadilha

Há anos, decidi não mais amar alguém, por estar completamente descrente da sinceridade,cumplicidade desinteressada, honestidade, carinho e respeito mútuo! Ledo engano! Como explicar tudo o que está acontecendo conosco? Será o destino mais uma vez, querendo nos pregar uma peça, ou o Amor que chega tão de mansinho que, quando percebemos, não dá mais tempo de mandá-lo embora? Sinto-me traída por mim mesma, afinal, eu havia jurado não permitir mais que o Amor se aproximasse de mim! Poderia até aceitar alguém na minha vida,mas com a condição de jamais amá-lo De repente, as palavras que havia escrito na minha "porta" com letras bem grandes: "PROIBIDA A ENTRADA DE AMOR", de nada resolveram, pois você carinhosamente tirou-a, convencendo-me que não podemos lutar contra nós mesmos! E agora que voltei a acreditar no amor sincero,quero curtir todos os nossos momentos intensamente, como jamais vivi com alguém! O que temos construído juntos irei preservar sim, pois sei que tudo foi feito com boa dose de dedicação,paciência e principalmente... MUITO AMOR !! por[felipe}

Solidão

Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear, fazer sexo .... Isto é carência. Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausêncisa de entes queridos, quando não podem mais voltar. Isto é saudade . Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe ,às vezes, para realinhar os pensamentos. Isto é equilíbrio... Tão pouco é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente, para que revejamos a nossa vida ... Isto é princípio da natureza ... Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma !!! por:felipe}

Outra vez

Outra vez Novamente eu me apaixonei A um outro alguém eu me entreguei Pra te esquecer, bem que tentei Me enganei Não era o amor que eu esperei Fiz de tudo para ter você Teu amor, não era pra ser Por que me deixou chorando por você? Se já tinha outro alguém pra te querer Outra vez Como eu queria poder te ver Um instante só pra te dizer Que sem você não sei viver Amor, eu já não sei mais o que fazer Se nem dois amigos nós podemos ser Outra vez Por favor tente compreender Só queria tentar entender Porque que não era você por:[andre docki}

Sem resistir

Em momento algum pensei que voltasse Vi-me dispensada de tua trajetória Num momento inesperado vejo-te sorrindo Chamando-me... E lá estou novamente te seguindo Pobre coração embaraçado Você veio despertar os momentos que eu havia superado. Foi como um furacão derrubar-te todas as muralhas Que eu havia construído em sua volta De solidão desejos e saudades Sinto-me confusa disseminar-te novamente E dentro deste peito corre sentimentos excessivos Estou paralisada com a paixão renovando de desejos E meu coração esta iminente Reluto todas as vezes que ele persistir em te segui Resisto para não sofrer com este amor doloso. E sem querer sem dominar este velho coração Estou eu novamente desejando querendo-te Deitada nos teus braços enlouquecida de paixão. por: {ducarmo}