5 de fev de 2012

Vazio

Quando-a-carencia-amorosa-nos-consome[1]

Como posso preencher o vazio de não telo mais,
Tudo se perde em minha mente,
Já não sei mais onde andam as lembranças...
Tudo se gira e me confunde...
Assim como um redemoinho...
Ficar perto de você é muito dolorido...
Minhas mãos te querem...
Meu corpo te deseja...
Meus olhos brilham quando o vê...
Minha boca te chama...
Mas vai em vão...
Não adianta querer...
Não adianta desejar...
Não adianta brilhar...
Não adianta te chamar...
Se ao menos posso te ter.
É difícil querer,
E não poder ter o que se quer...
É difícil gostar de alguém, que não te quer.
A vida da voltas e voltas,
Por isso não choro e não derramo lágrimas,
Pois sei que um dia,
Você pode voltar,
E me querer,
E me desejar,
Teus olhos brilharem quando me vêem.
E você me chamar,
Mas tome cuidado,
Pois pode ser tarde de mais,
Para te querer,
Para te desejar,
Para meus olhos brilharem.
Para te chamar...
Ou seja, simplesmente tarde de mais,
Para te amar...


(Jimena Fonseca )

Blog Coisas do Coração

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário neste blog ..compartilhe comigo ...suas opiniões ,sobre esta postagem.